Páginas

Versículo do dia: "Nós não somos gente que volta atrás e se perde. Pelo contrário, temos fé e somos salvos." - Hebreus 10:39

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Discípulo Radical (estudo de quarta - parte 2)

“A resposta do discípulo não é uma confissão verbal da fé em Jesus, mas sim um ato de obediência.” Dietrich Bonhoeffer
O chamado ao discípulado é, portanto, comprometimento exclusivo com a pessoa de Jesus Cristo.

O primeiro passo que segue ao chamado separa o discípulo de sua existência anterior. Permanecer na situação antiga e ser discípulo é impossível.



Só aquele que crê obedece, e só o obediente é o que crê!

Pedro abandonou as redes e obedeceu, por isso veio a se tornar um discípulo. Crer significa ir com ele no discípulado. O desobediente não pode crer. A obediência é premissa da fé. É preciso dar um primeiro passo obediente, para que a fé não se transforme numa auto-ilusão.

O Jovem Rico - Mateus 19:16-22 - Um jovem em crise e sem a certeza da salvação.

16 Certa vez um homem chegou perto de Jesus e perguntou: – Mestre, o que devo fazer de bom para conseguir a vida eterna?
17 Jesus respondeu: – Por que é que você está me perguntando a respeito do que é bom? Bom só existe um. Se você quer entrar na vida eterna, guarde os mandamentos.
18 – Que mandamentos? – perguntou ele. Jesus respondeu: – “Não mate, não cometa adultério, não roube, não dê falso testemunho contra ninguém,
19 respeite o seu pai e a sua mãe e ame os outros como você ama a você mesmo.”
20 – Eu tenho obedecido a todos esses mandamentos! – respondeu o moço. – O que mais me falta fazer?
21 Jesus respondeu: – Se você quer ser perfeito, vá, venda tudo o que tem, e dê o dinheiro aos pobres, e assim você terá riquezas no céu. Depois venha e me siga.
22 Quando o moço ouviu isso, foi embora triste, pois era muito rico.



continua amanhã...

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Discípulo Radical (estudo de quarta - parte 1 - continuação)

CHAMADO RADICAL: Ser Discípulo

Existem 2 tipos de chamado:

1º Chamado: “Venham a mim” - Somos chamados para ir até Ele.
Mateus 11:28
“– Venham a mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e eu lhes darei descanso.”
João 7:37b
“– Se alguém tem sede, venha a mim e beba.”

2º Chamado: “Me acompanhem” (Sigam-me!) - Somos chamados para irmos atrás Dele.
Mateus 16:24
“E Jesus disse aos discípulos: – Se alguém quer ser meu seguidor, esqueça os seus próprios interesses, esteja pronto para morrer como eu vou morrer e me acompanhe.” Marcos 2:14
“Então disse a Levi: – Venha comigo. Levi se levantou e foi com ele.”

É custoso seguir a Jesus Cristo, mas custa mais não segui-lo!







Jesus da um cheque-mate na multidão que o seguia:
Lucas 14:25-33
25 Certa vez uma grande multidão estava acompanhando Jesus. Ele virou-se para eles e disse:
26 – Quem quiser me acompanhar não pode ser meu seguidor se não me amar mais do que ama o seu pai, a sua mãe, a sua esposa, os seus filhos, os seus irmãos, as suas irmãs e até a si mesmo.
27 Não pode ser meu seguidor quem não estiver pronto para morrer como eu vou morrer e me acompanhar.
28 Se um de vocês quer construir uma torre, primeiro senta e calcula quanto vai custar, para ver se o dinheiro dá.
29 Se não fizer isso, ele consegue colocar os alicerces, mas não pode terminar a construção. Aí todos os que virem o que aconteceu vão caçoar dele, dizendo:
30 “Este homem começou a construir, mas não pôde terminar!”
31 – Se um rei que tem dez mil soldados vai partir para combater outro que vem contra ele com vinte mil, ele senta primeiro e vê se está bastante forte para enfrentar o outro.
32 Se não fizer isso, acabará precisando mandar mensageiros ao outro rei, enquanto este ainda estiver longe, para combinar condições de paz.
Jesus terminou, dizendo:
33 – Assim nenhum de vocês pode ser meu discípulo se não deixar tudo o que tem.


“Se você está à procura de uma religião que o faça sentir realmente confortável, eu certamente não recomendaria o cristianismo.”
C. S. Lewis

Você quer mesmo ser um Discípulo de Jesus?
Então, calcule bem o quanto isto vai custar à você... Então tome a sua decisão!

Lembre-se: Não existe nada que se compare ao prazer de ser um verdadeiro “Discípulo de Jesus”! Não existe nada mais gratificante!

Promessas:
“Porque para mim tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós.”
Romanos 8:18
“Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.”
1 Coríntios 2:9

DISCÍPULO RADICAL - EU SOU!

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Discípulo Radical (estudo de quarta - parte 1)


video


Eu posso ser um cristão sem ser um discípulo?

O QUE É DISCÍPULO?
NO GREGO: MATHETES = aprendiz
MATHETES aparece 269 vezes nos evangelhos e no livro de Atos. E "cristão" apenas 3 vezes no novo testamento para dirigir-se a seguidores de Jesus.
Segundo o Dic. Aurélio: É aquele que recebe ensino de alguém ou segue suas idéias.

É um seguidor, aprendiz, imitador.
É a pessoa cujo principal compromisso na vida é seguir as pegadas do seu mestre, estar com ele, aprender dele e ser como ele.

Somos chamados para ser DISCÍPULOS!

Jesus não fez menção de:
- adeptos,
- simpatizantes,
- crentes ou religiosos,

Ele usou uma palavra bem forte: Discípulo!
Implica relacionamento entre professor e aluno.

João 8:31
“Então Jesus disse para os que creram nele: – Se vocês continuarem a obedecer aos meus ensinamentos, serão, de fato, meus discípulos”

Lucas 6:40
“Nenhum aluno é mais importante do que o seu professor. Porém, quando tiver terminado os estudos, o aluno ficará igual ao seu professor.”

“Discípulo é a pessoa que aprende a viver a vida que seu mestre vive.”
Juan Carlos Ortiz

PORQUE RADICAL?
Radical: é derivada do latin radix, raiz.
Na filosofia o radicalismo prega o uso das ações extremas para gerar a transformação completa e imediata.
O radicalismo é inflexível.

É isso que Cristo espera:
Ser RADICAL no nosso compromisso com Ele!

domingo, 16 de outubro de 2011

Vergonha de Jesus?

Pergunte à maioria dos cristãos: “Você tem vergonha de Jesus?” Mais que depressa você ouvirá esta resposta: ”Claro que não! Ele é o meu Senhor e Salvador!”.

A ousadia de proclamar Jesus Cristo é vista, com abundância, em programas de rádio e TV, em camisetas, adesivos de carros, identificando claramente o usuário como um seguidor de Jesus.

Todo domingo, milhões de pessoas lotam as igrejas evangélicas, a fim de exaltar o nome de Jesus. Existem mais adesivos - com um peixe - nos carros, do que peixes no Oceano Atlântico.

A música gospel ressoa, estridentemente, de amor por Jesus, chegando mesmo a receber o reconhecimento da indústria da música popular.

Milhões de cristãos têm lotado os cinemas, para ver filmes do tipo “A Paixão de Cristo”, de Mel Gibson.

Jesus é recebido nas telas, exaltado nos adesivos e nas passeatas anuais do tipo “Marcha para Jesus”.

Agora, vejamos, cuidadosamente, o que Jesus falou em Marcos 8:38: “Porquanto, qualquer que, entre esta geração adúltera e pecadora, se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do homem se envergonhará dele, quando vier na glória de seu Pai, com os santos anjos”.

Ora, nós não temos problemas algum com Jesus. O problema é com as Suas palavras. Estas é que formam o “nó górdio”.

Paulo escreveu na 2 Timóteo 1:8: “Portanto, não te envergonhes do testemunho de nosso SENHOR, nem de mim, que sou prisioneiro seu; antes participa das aflições do evangelho segundo o poder de Deus...”

O testemunho de Jesus é o que causa essas “aflições”. João foi banido para a Ilha de Patmos, exatamente “por causa da palavra de Deus, e pelo testemunho de Jesus Cristo”. Também lemos em Apocalipse 12:17: “E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo”.

O que a Bíblia quer dizer com “testemunho de Jesus Cristo?” O que Jesus especificou em João 7:7: “O mundo não vos pode odiar, mas ele me odeia a mim, porquanto dele testifico que as suas obras são más”.

Jesus foi odiado porque testemunhou contra o pecado do mundo e mostrou a realidade do inferno que aguarda os ímpios e a realidade do céu, para quem O conhece e confia em Sua obra redentora. Ele previu os pregadores que iriam se envergonhar de Suas palavras, entregando, nas igrejas, um evangelho diluído, a fim de agradar aos homens.

Na 2 Timóteo 2:15, lemos: “Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade”.

A maioria dos pregadores e dos membros da igreja folheiam a Bíblia
, procurando algo que lhes interesse, sem atentar ao contexto da passagem. Eles jogam suas “pérolas” no ar, quando estão entre irmãos, porém não gostam de testemunhar aos incrédulos, temendo ser taxados de “fanáticos”. Estes têm vergonha das palavras de Jesus e, portanto, do próprio Senhor.

Uma pesquisa mostrou o seguinte: Um pastor saiu pelas ruas de Nova Iorque pedindo que as pessoas citassem os Dez Mandamentos. Ninguém conseguiu fazê-lo. Então, ele pediu que citassem 10 marcas de cerveja e a maioria conseguiu fazê-lo, rapidamente.

A maioria dos leigos diz que não sabe como pregar o Evangelho. Ora, ninguém pode falar de um assunto que não conhece perfeitamente. Lemos em Provérbios 16:23: “O coração do sábio instrui a sua boca, e aumenta o ensino dos seus lábios”. Quem não lê e medita na Palavra de Deus deixa de ser sábio e, portanto, não consegue transmitir a mesma.

Nossa obrigação é levar a mensagem e edificar almas e quando falhamos, estamos cometendo um pecado de omissão. Um dos mandamentos de Jesus está em Mateus 28:19-20: “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém”.

Vamos continuar usando as camisetas com versos bíblicos, indo à igreja aos domingos e vivendo honestamente. Mas, quanto mais um cristão lê e conhece a Palavra de Deus, mais tem a chance de receber do Espírito Santo (o Autor do Livro) a capacidade de testemunhar as palavras de Jesus, a fim de “arrebatar alguns do fogo” (Judas 23).


Fonte: Mary Schultze

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

PROCURADO!Onde estão os filhos de Deus?(parte 2 - final)

O QUE É EVANGELISMO?
"Evangelismo é um mendigo explicando a outro mendigo onde se acha pão."











“Evangelismo é o processo pelo qual a comunidade cristã comunica por palavra e estilo de vida as boas notícias sobre Jesus, a sua vida, morte e ressurreição em formas apropriadas para sua geração e cultura, levando outros ao ponto de se comprometerem com Jesus como seu único Salvador e Senhor e de integrar-se na comunidade (igreja)”.

Evangelismo pelo exemplo:
Comunidade testemunhadora - Atos 2:42-47
“E todos continuavam firmes, seguindo os ensinamentos dos apóstolos, vivendo em amor cristão, partindo o pão juntos e fazendo orações. Os apóstolos faziam muitos milagres e maravilhas, e por isso todas as pessoas estavam cheias de temor. Todos os que criam estavam juntos e unidos e repartiam uns com os outros o que tinham. Vendiam as suas propriedades e outras coisas e dividiam o dinheiro com todos, de acordo com a necessidade de cada um. Todos os dias, unidos, se reuniam no pátio do Templo. E nas suas casas partiam o pão e participavam das refeições com alegria e humildade. Louvavam a Deus por tudo e eram estimados por todos. E cada dia o Senhor juntava ao grupo as pessoas que iam sendo salvas.”


É um ótimo método de evangelismo: COMUNHÃO!
Só vamos ser bem sucedidos em ganhar os outros a Jesus Cristo quando permanecermos juntos numa união verdadeira e perseverante, quando nos unirmos eficazmente numa vida coletiva de oração e quando dermos nosso testemunho coletivo através de nossos dons, fé e principalmente o AMOR!

Para termos sucesso na missão de evangelismo precisamos ser:
- Discipulador – Mt 28.18-20
“Ide, portanto, fazei discípulos...”
- Intercessor – Ez 22.30
“Busquei entre eles um homem que tapasse o muro e se colocasse na brecha perante mim, a favor desta terra...”
- Íntegro (Vida exemplar) – 1 Tm 4.12
“Não deixe que ninguém o despreze por você ser jovem. Mas, para os que crêem, seja um exemplo na maneira de falar, na maneira de agir, no amor, na fé e na pureza.”

O mínimo que você pode fazer é convidar alguém para uma programação, um evento, um estudo, um culto...etc.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

PROCURADO!Onde estão os filhos de Deus?(parte 1)



Algumas bases bíblicas pra gente pensar sobre o assunto:

“A ardente expectativa da criação aguarda a revelação dos filhos de Deus.”
Romanos 8:19 (RA)

Romanos 10:13-15
Como dizem as Escrituras Sagradas:
“Todos os que pedirem a ajuda do Senhor serão salvos.”
Mas como é que as pessoas irão pedir, se não crerem nele?
E como poderão crer, se não ouvirem a mensagem?
E como poderão ouvir, se a mensagem não for anunciada?
E como é que a mensagem será anunciada, se não forem enviados mensageiros?
As Escrituras Sagradas dizem:
“Como é bonito ver os mensageiros trazendo boas notícias!”


“– A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Por isso, peçam ao dono da plantação que mande trabalhadores para fazerem a colheita.”
Lucas 10:2

“Porém, quando o Espírito Santo descer sobre vocês, vocês receberão poder e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria e até nos lugares mais distantes da terra.”
Atos 1:8

Muitos de nós dizem:
“Eu quero evangelizar, eu quero pregar o evangelho, mas eu não sei falar bem, eu não sei que palavras usar.”
“Não tenho aquela habilidade de falar com as pessoas como fulano ou cicrano tem!”


Moisés também teve essa crise:
Êxodo 4
10 Moisés respondeu ao Senhor:
– Ó Senhor, eu nunca tive facilidade para falar, nem antes nem agora, depois que começaste a falar comigo. Quando começo a falar, eu sempre me atrapalho.
11 Porém o Senhor lhe disse:
– Quem dá a boca ao ser humano? Quem faz com que ele seja surdo ou mudo? Quem lhe dá a vista ou faz com que fique cego? Sou eu, Deus, o Senhor. 12 Agora vá, pois eu o ajudarei a falar e lhe direi o que deve dizer.


Quando evangelizamos, pregamos, falamos de Cristo para alguém, nós estamos sendo enviados  por Deus, e Ele sabe exatamente que palavras devemos dizer (e se devemos dizer) para cada pessoa.

“...Não fiquem preocupados, antes da hora, com o que irão dizer. Quando chegar o momento, digam o que Deus lhes der para dizer. Porque as palavras que disserem não serão de vocês mesmos, mas virão do Espírito Santo.”
Marcos 13:11

E nem sempre é preciso muitas palavras, o mundo espera atitudes:
“Pregue sempre o evangelho. Se necessário, use palavras”
Francisco de Assis


continua amanhã...

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

A Verdade que liberta!


“… E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8:32)

- Você é livre? -

Muita gente, e principalmente nós adolescente, temos o principio em falar que ser livre é fazer o que quer. Torcemos pra que chegue logo 18 anos para vivemos uma vida independente, uma vida “livre” de pais e regras. Ir pra balada, encher a cara e se drogar, e se sentir “livre”. Não é verdade?

Ser livre vai muito além disso, por incrível que pareça. Ser livre é o inverso de prisão, e viver em prisão é não conseguir parar de fazer aquilo que ti faz mal.

Exemplos: Uma pessoa decide parar de se drogar, mas ela não consegue com as próprias forças, porque ela é prisioneira daquilo. :)

Existem muitos outros exemplos de prisões e sabe, não é fácil ser livre sem ajuda de Deus. Um fato é que quando decidimos ser livre, tudo vai parecer que vai está ao contrário, aliás, vamos andar contra mão. Mas para chegarmos a liberdade, precisamos lutar e vencer contra as vontades da nossa carne e quebrar as prisões da alma.

Ser livre é ter opção de escolha, e as nossas escolhas vão nos levar a cada dia mais perto de Deus e adquirimos santidade.

O que tem ti prendido?
O que tem feito você se afastar de Deus?
Qual a prisão que você vive?

Jesus é a única verdade que pode ti libertar de prisões e Ele é o caminho da liberdade. Para ter uma vida livre basta seguir a Jesus e conhecer a verdade.

LUTE, CORRA, BUSQUE E CONQUISTE A SUA LIBERTAÇÃO!!


retirado de: http://www.jesusvv.com/