Páginas

Versículo do dia: "Nós não somos gente que volta atrás e se perde. Pelo contrário, temos fé e somos salvos." - Hebreus 10:39

terça-feira, 29 de novembro de 2011

O “Louco Amor” de Deus por nós


Muitas pessoas foram transformadas pelo amor de Deus ao longo da história, sendo completamente impactadas por um “Louco Amor”, amor que excede a compreensão humana. Ainda hoje, Deus continua chamando á humanidade a conhecer este Louco Amor, a ter experiências com este amor, de tal forma que ele invada o seu ser e te conquiste por inteiro.

Louco = “Quem perdeu a razão, que têm um comportamento absurdo, exagerado que contraria o senso comum”. Observemos que o termo “Louco” é algo extremamente contrariante, marcante, etc.

Você seria louco o suficiente a ponto de dar a vida de seu filho por um pecador (criminoso, adúldero, mentiroso, assasino, etc.)? Não conhecemos nenhum ser humano que chegue a esse ponto, nao é verdade?

O que aconteceu nas seis horas daquela sexta-feira a dois mil anos atrás foi a demonstração desse Louco Amor! Pois não foi um ato normal de um ser humano em sã consciência que fez Jesus subir até aquela cruz, só poderia ser uma loucura total para que alguém fizesse o que Ele fez, só poderia ser movido por um Louco Amor! Que amor é esse?

Ao contrario do que imaginamos amor não é um “sentimento” “sentir + momento”, pois o termo traz a junção destas duas palavras que não condiz com a realidade exposta aqui. Amar está muito mais relacionado á escolhas do que á sentimentos.

Deus entregou Jesus á morte por sua criatura caída pelo pecado pelo fato de amá-la incondicionalmente. O que Cristo demonstrou não foi impelido por sentimentos, más por escolhas. Jesus toma uma atitude diante da realidade pecaminosa em que se encontrava a humanidade e vemos que ele é induzido sim por esta escolha, a escolha de amar, esta escolha se torna um comportamento absurdo que contraria o senso comum humano, pois o Criador na esperança de salvar sua criatura se entrega através de uma demonstração pública de amor. O Louco Amor de Deus por nós, foi induzido através desta escolha.

Se você pensar bem, vai perceber que é loucura! É loucura que o Deus do universo, o criador do nitrogênio e das árvores, da galáxia e das notas musicais, nos ame de um jeito tão radical e incondicional. E como reagimos? Vamos à igreja aos domingos, cantamos louvores, tentamos não falar palavrão, lemos a Bíblia às vezes e achamos que isto basta. Podemos não perceber, mas há algo errado.

Algo no fundo do seu coração anseia para se libertar das aparências? Você está faminto por uma fé autêntica? Até que ponto você poderá ter um Louco Amor por Aquele que deu seu Filho por você?

A resposta que Deus quer não é simplesmente que você se esforce mais naquela lista de “faça e não faça”, mas é que você se apaixone loucamente por Ele. Quando você encontrar este Louco Amor, você nunca mais será o mesmo. Porque quando você está loucamente apaixonado por alguém, tudo muda! Não é verdade?

Você seria capaz de amar “loucamente” Aquele que te amou primeiro?

“Mas Deus nos mostrou o quanto nos ama: Cristo morreu por nós quando ainda vivíamos no pecado.” Romanos 5:8

Nenhum comentário:

Postar um comentário